MAHMOUD RHEDA - A LENDA, O MITO

by 11:56 1 comentários
Já está chegando o natal e isso me fez lembrar o “bom velhinho do Egito”. Não o Papai Noel, mas sim do Mestre, a lenda: Mahmoud Rheda

Para entender a grandiosidade deste nome e sua contribuição para a dança, não só oriental, mas sim mundial, temos que voltar um pouquinho no tempo.
Para não ficar longo e, quem quiser conhecer a historia oficial dele, acessa aqui. Resumindo “rápido e porcamente” Mahmoud Rheda foi o responsável pela pesquisa histórica, padronização, organização e estrutura da dança oriental. Depois da década de 20/30/40 onde o cinema americano descobriu a dança do ventre, Rheda foi o pioneiro a pesquisar, catalogar e profissionalizar a dança folclórica egípcia. Viajou o pais inteiro com historiadores, escritores, e fotografou, gravou muito material e deu o toc “balezistico” Ele é bailarino clássico.


Eu e o mestre Mahmoud Rheda - emoção


É como se eu saísse em expedição pelo Brasilzão catalogando dança – afinal o samba do Rio é diferente do de Sampa e da Bahia e depois montasse um show

Em 2009, tive a oportunidade de ir ao Festival Aida Nour e, para a minha alegria, o Mestre só dá aula neste Festival. Fo uma emoção tão grande, mas tão grande que quase chorei. Sabe aquelas coisas que a gente estuda nos vídeos, devora tudo e, de repente está com seu ídolo? Muita gente deve se perguntar, mas ele é um homem ensinando a dança do ventre??? Primeiro que não é ventre, mas sim folclore, segundo ele é um bailarino clássico ocidental. E o principal; ele tem o “feeling árabe”, ele é de lá, soube transmitir em suas coreografias, a leveza e a alegria do povo árabe. Não precisa de mais argumento NÉ?

Eu, Adriana e Eliane no festival! realizando um sonho!


Só quem teve aula com este Gênio sabe do que estou falando...

Quando ele subia no palco, com a maior tranqüilidade e até certa dificuldade, para explicar o movimento era muito mágico! Que leveza de passos, de mão .. uma virada de cabeça, dava para ver os gestos se transformando em poesia e dança. E ele tem mais de 80 anos.


Enfim, uma lenda Viva, da dança do ventre , e eu me senti realizada!!

Curtam!

Deborah Macedo

A Bailarina Viajante

Apaixonada por viagens e bailarina de dança do ventre. Ama artes corporais e sempre inquieta! Já passou pelo pole dance e atualmente é apaixonada pelo Tecido Aéreo. Detesta peixe e ama culturas exoticas, experiencia desafiadoras e pimenta

Um comentário:

  1. que máximo vc ter tido a oportunidade de estudar, ver ao vivo! parabens... um super beijo, ótimo fim/começo de ano, gata!
    :)

    ResponderExcluir